Curso rápido para mamães de primeira viagem

Quando estava grávida, já no sexto mês, eu e meu marido começamos a fazer um curso para gestantes. Aliás, recomendo a todas as mamães de primeira viagem, pois ajuda e muito. Geralmente são os hospitais que promovem esses cursos. Eles tem duração variada, até um mês, e podem também incentivar a sua ida com alguns mimos (produtos para bebê) e coffee-breaks servidos.

Citei o coffee, pois toda grávida sabe que a fome logo aperta. Mas, voltando ao curso, vou passar algumas dicas de tudo que aprendi e aquelas que ficaram marcadas na minha memória. Vamos lá:

  1. O nascimento de uma criança implica numa reestruturação familiar. Na época, eu achei essas palavras fortes, mas é isso mesmo que acontece. Você não terá mais horário para dormir e para acordar. Seu marido idem. Mas tenha calma, pois com o tempo, tudo tende a se encaixar.
  2. Num primeiro momento, não é o bebê que terá que se adequar à rotina da casa. É você e seu marido. Por isso, evite que as visitas venham logo nos primeiros dias. Vocês precisam de um tempo para se adequar à rotina do bebê.
  3. Se as avós e tias quiserem ajudar você com o bebê, peça que elas ajudem com a organização da casa. Prefira você dar o banho, trocar a fralda. Isso vai valer para a vida toda. Quando seu filho tiver maior e se machucar, por exemplo, ele vai precisar de uma mãe que sempre esteve ao lado dele. Deixe a louça para as avós e tias.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Como fazer meu bebê tomar mamadeira?

Como evitar estrias na gravidez

Dica para fazer o leite descer